Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

PROGRAMAS DE PREVENÇÃO 

 

PROGRAMA DE GESTÃO DOS RISCOS PSICOSSOCIAIS RELACIONADOS AO TRABALHO – GESM

 

Objetivo

Identificar condições relacionadas ao trabalho que têm potencial para causar danos físicos e psicossociais ao servidor e, ainda, construir, coletivamente, as possibilidades de solução para problemas apontados. Dentre as consequências dos riscos relacionados ao trabalho a que estão sujeitos os servidores estão os transtornos mentais e comportamentais e o adoecimento físico. As formas de adoecimento mental mais frequentes são a depressão, ansiedade e estresse. Dentre as doenças físicas, podem surgir sintomas psicossomáticas, como gastrite, enxaqueca, hipertensão. As ações desenvolvidas pelo Programa têm como base teórico-metodológica a Clínica Psicodinâmica do Trabalho, segundo a qual o trabalho configura-se como dimensão central para a constituição do sujeito e para a formação de sua identidade. O Programa analisa, por meio da participação dos servidores, em um espaço de fala e escuta qualificada, o contexto de trabalho, modos e estilos de gestão, ambiente físico, natureza da ocupação, divisão de tarefas, relações socioprofissionais, comunicação e sintomas de adoecimento. Os danos também atingem a organização de trabalho, podendo gerar absenteísmo, rotatividade, presenteísmo, baixa produtividade, clima institucional desfavorável, entre outros. Os resultados do programa são: o relatório técnico, devolutiva aos participantes e à gestão, com o apontamento de soluções de curto, médio e longo prazo e intervenções em promoção à saúde e prevenção do adoecimento mental voltadas aos servidores.

 

Ações

Palestras, seminários, workshops, oficinas temáticas

Aplicação de instrumento de pesquisa clínico-institucional

Enquete coletiva

Clínica do trabalho

Seminários

Palestras

Workshops Rodas de conversa

Grupos psicoeducativos

Oficinas temáticas sobre saúde mental e trabalho

Ciclo de palestras educativas, na modalidade itinerante, sobre temas relacionados à saúde mental.

 

Público-alvo

Órgãos e Secretarias do Governo do Distrito Federal e o coletivo de Servidores que representarão o local de trabalho.

 

Responsável

Subsecretaria de Segurança e Saúde no Trabalho (Subsaúde), sob a coordenação da Gerência de Saúde Mental e Preventiva (GESM). Será desenvolvido por equipe multiprofissional, com abordagem interdisciplinar, composta por psicólogo, psiquiatra, assistente social, médico do trabalho, engenheiro do trabalho, enfermeiro do trabalho, técnico de segurança do trabalho e técnico de enfermagem.

 

Acesso ao programa

O PGRPS poderá ser solicitado por demanda espontânea de servidor, gestor, a própria Gerência de Saúde Mental e Preventiva, a partir de dados dos programas desenvolvidos, Gerência de Promoção à Saúde do Servidor (GPSS), Diretoria de Epidemiologia em Saúde do Servidor (DIEP) e Núcleo de Readaptação Funcional.

 

Encontram-se em andamento as seguintes ações

Grupo psicoeducativo de gerenciamento de estresse para transtornos ansiosos e depressivos para servidores de secretarias e órgãos diversos do GDF, às quartas-feiras, das 10:00 às 12:00, na sala de grupo da Gerência de Saúde Mental e Preventiva, na Subsecretaria de Segurança e Saúde no Trabalho (SUBSAUDE). Para participar do programa o servidor deve entrar em contato com a GESM (Gerência de Saúde Mental e Preventiva) pelo telefone 3349-3972 e pedir para participar da atividade. Rodas de conversa itinerante sobre saúde mental e trabalho para os servidores da Subsecretaria do Sistema Socioeducativo.


PROGRAMA DE ATENÇÃO AO DEPENDENTE QUÍMICO (PADQ) – GESM

 

Objetivo

Atuar como referência institucional para o servidor com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas, dirigindo ações de educação preventiva, com foco no contexto laboral, para desestimular o uso, incentivar a diminuição do consumo e diminuir os riscos e danos associados ao seu uso indevido.

 

Ações

A abordagem proposta pelo PADQ engloba ações de acolhimento, triagem, avaliação, acompanhamento, orientação à família, orientação a gestores, encaminhamento para tratamentos especializados, monitoramento das indicações terapêuticas, atividades de prevenção e educação para o servidor, psicoeducação para sensibilização e adesão aos tratamentos indicados, orientação de chefias imediatas para mediação entre o servidor e seu local de trabalho, assim como treinamento para a detecção de servidores em situação de risco e promoção do acesso aos tratamentos na rede social de apoio.

 

Público-alvo

Servidores públicos civis e ativos da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Distrito Federal.

 

Prazos

Até 30 dias para o primeiro atendimento, após agendamento.

 

Horário de atendimento

Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Telefone: (61) 3349-3972.

 

Acesso ao Programa

O encaminhamento do servidor para o Programa de Atenção ao Dependente Químico poderá ser feito: a) pelos gestores; b) pela SUBSAUDE; ou c) pelo próprio servidor, espontaneamente; e deverá ser operacionalizado por meio de documento oficial a ser remetido à Gerência de Saúde Mental e Preventiva (GESM) ou por meio de abertura de processo, via Sistema Eletrônico de Informações (SEI), recomendando-se a classificação de acesso em nível sigiloso, endereçado à SEPLAG/SUBSAUDE/DISPSS/GESM. No caso de procura espontânea pelo próprio servidor, os agendamentos poderão ser realizados por telefone ou pessoalmente nas dependências da GESM.

 

Legislação

Portaria nº 48 de 26 de maio de 2011; Portaria nº 55 de 21 de maio de 2012.


PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO PARA APOSENTADORIA – GESM

 

Objetivo

Informar e orientar servidores e servidoras sobre os aspectos psicossociais da transição para o período pós-carreira, com foco em intervenções que minimizem os fatores de risco e otimizem os fatores de proteção relacionados ao processo de adaptação à aposentadoria, considerando as dimensões individual, psicossocial e organizacional.

 

Ações

Seminários;

Ciclo de palestras;

Oficinas temáticas;

Workshops;

Fóruns de discussão;

Cursos presenciais direcionados a gestores e a servidores;

Orientação psicológica individual para aposentadoria;

Grupo psicoeducativo de Orientação para Aposentadoria.

 

Responsável

Subsecretaria de Segurança e Saúde no Trabalho (Subsaúde)

 

Público-alvo: a) imediato

Servidores que estejam a até 5 anos de reunir as condições legais para obtenção da aposentadoria voluntária ou compulsória, ou que já as tenha implementado; b) mediato: todos os interessados, inclusive os que acabaram de ingressar no serviço público e os que já se aposentaram.

 

Acesso ao programa

As secretarias e órgãos interessados em desenvolver o Programa de Orientação para Aposentadoria devem encaminhar documento oficial direcionado à Subsaúde solicitando a implementação das ações de orientação para a aposentadoria.

 

Legislação

Decreto N° 37.944, de 05 de janeiro de 2017. Institui o Programa de Orientação para Aposentadoria no âmbito da administração direta, autárquica e fundacional do Distrito Federal.


PROGRAMA DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA – GESM

 

Objetivo

Avaliar as condições psicológicas de servidores por meio de métodos e técnicas validados pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP para subsidiar decisões da Perícia Médica, Junta Médica, Medicina do Trabalho e Núcleo de Readaptação Funcional nos casos de capacidade laborativa, invalidez decorrente de comprometimento psicológico, alienação mental, comprometimento psicológico e funcional. As avaliações psicológicas podem ser solicitadas nos casos de aposentadoria, restrição laboral, reversão de aposentadoria, aposentadoria por transtorno mental não relacionado em lei, processo administrativo disciplinar, auxílio creche, inclusão de dependente, isenção de importo de renda, pensão, horário especial e reversão da readaptação funcional.

 

Responsável

Psicólogos da Gerência de Saúde Mental e Preventiva da Subsaúde/SEPLAG.

 

Público alvo

Servidores públicos da Administração Pública Direta, Autárquica e Fundacional do Distrito Federal.

 

Acesso ao programa

Servidores encaminhados, exclusivamente, pela Perícia Médica, Junta Médica, Medicina do Trabalho e Núcleo de Readaptação Funcional da Subsaúde.


PROGRAMA DE ATENÇÃO À SAÚDE MENTAL MATERNA – GESM

 

Objetivo

Desenvolver ações de promoção e prevenção em saúde mental na fase perinatal – gravidez e primeiro ano após o parto – período da vida da mulher de maior vulnerabilidade para o adoecimento psíquico. A contemplação das vivências subjetivas e dos aspectos emocionais desse período pode colaborar para evitar ou minimizar o impacto do adoecimento psíquico e suas repercussões negativas para a mulher e o seu bebê.

 

Ações

Grupo de gestantes: foco psicoeducativo (frequência quinzenal).

Grupo de pós-parto: foco psicoeducativo (frequência quinzenal).

Visita domiciliar no pós-parto.

Grupo virtual de apoio no pós-parto.

Parceria com outros profissionais para garantir uma assistência multidisciplinar.

Rodas de conversa.

 

Público alvo

Servidora efetiva e gestante do Governo do Distrito Federal.

 

Acesso ao programa

Fazer contato via telefone (3349-3972)).