gototop
SEPLAG
FacebookTwitter
Vlibras Aumentar Contraste Cores Originais
Erro
  • JUser::_load: Unable to load user with id: 100011
Quinta, 10 Agosto 2017

Órgãos têm até o fim de 2018 para implementar o SEI

 

O cronograma de implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) foi apresentado na manhã desta quinta-feira, 10 de agosto, aos servidores dos órgãos que ainda não instituíram o SEI em 100% da tramitação dos projetos. O evento ocorreu no auditório da Escola de Governo e foi aberto pela secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos. Os chefes das Coordenações de Implantação de Projetos e de Técnica de Sistemas, ambos pertences à Seplag, esclareceram os pontos mais importantes de implantação do sistema e os aspectos técnicos. O governo estima que todos os 89 órgãos das administrações Direta e Indireta estejam utilizando o sistema até o fim de 2018.

Para a secretária de Planejamento, Leany Lemos, as principais vantagens do SEI são a economia de tempo e gestão sustentável de recursos. A economia gerada pelo sistema vai além do papel e do tonner, conforme exemplifica a secretária. "Eu recebi, nesta semana, um pedido de remanejamento orçamentário da Secretaria de Educação. Se fosse há dois anos, uma pessoa teria que sair da secretaria em um carro, com um processo de cinco volumes, estacionar, subir no elevador e entregar para o pessoal. Com o SEI, o processo chega ao secretário de Educação em duas horas, sem ninguém sair do gabinete, sem gastar gasolina, sem gastar papel, mas, principalmente sem gastar o tempo do servidor, que é o bem mais precioso", diz a secretária.

Outro exemplo citado foi a entrega das prestações de contas de executores de contratos. Como os relatórios de execução de contratos do SEI ainda careciam de padronização, foi criado o Sistema de Fiscalização de Contratos Corporativos (SFCC), ferramenta integrada ao SEI, que aprimora o acompanhamento e a fiscalização desses documentos. O resultado também foi racionalização de tempo e recursos. "Nós temos mais de dois mil executores de contratos. Todo fim de mês, essas pessoas vinham trazer os documentos para entregar na secretaria. Era um fluxo tão grande que nem o elevador dava conta. Quando passamos a usar o SEI, essas duas mil pessoas desapareceram da porta”, descreve Leany.  

Mais de 1 Milhão

O SEI atingiu, no fim de julho, a marca de um milhão de documentos gerados no sistema. O milionésimo documento foi um despacho encaminhado pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram) à Seplag.

O governo celebrou a marca em um evento na Residência Oficial de Águas Claras, no dia 24 de julho, com os vencedores da Hackathon Inova Brasília. Durante o Café Hacker – como foi batizado o evento, o governador Rodrigo Rollemberg assinou, no SEI, o decreto que institui a Política de Dados Abertos no Distrito Federal.

Gestão de documentos

O sistema – criado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região – veio para simplificar a tramitação de processos e abolir o uso de papel. Além do aspecto ecológico, o SEI visa dar mais agilidade à gestão de documentos, na medida em que dispensa movimentação física de papéis, registros em protocolo e armazenamento.

menu atalho ouvidoria

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Órgãos têm até o fim de 2018 para implementar o SEI