Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/08/19 às 10h00 - Atualizado em 2/08/19 às 10h05

Conheça o Hospital Veterinário Público do DF

COMPARTILHAR

Autoridades do GDF visitaram na tarde de hoje o Hospital Veterinário Público, que é uma referência no atendimento à animais domésticos no DF

 

 

O secretário de Fazenda, Orçamento, Planejamento e Gestão do GDF, André Clemente, juntamente com a subsecretária de assuntos estratégicos da Secretaria de Meio Ambiente, Alessandra Andreazzi Peres, fizeram hoje (1), na parte da tarde, uma visita às dependências do Hospital Veterinário Público (HVEP). O encontro, coordenado pelo presidente do Brasília Ambiental (antigo Ibram), Edson Duarte, teve como objetivo apresentar às autoridades e assessores o dia a dia de funcionamento da instituição que é referência no setor, no Distrito Federal e no Brasil.

 

Localizado no Parque Lago do Cortado, em Taguatinga, o HVEP, que no último mês de abril completou um ano de funcionamento, é uma parceria do Brasília Ambiental com a Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa) e tem atendido de maneira dinâmica e eficiente toda a comunidade do Distrito Federal, com uma média de 100 consultas por dia. Segundo André Clemente, da Fazenda, a visita foi motivada pela preocupação do governador Ibaneis em fortalecer os temas voltados ao meio ambiente.

 

 “É uma política que se estende também ao atendimento dos animais de pequeno porte, uma demanda com grande apelo social e de grande apelo público. Para isso estamos colocando mais recursos para manter e expandir as atividades do local, estudando, inclusive, a possibilidade de construir novas áreas físicas”, comentou o titular da Fazenda, que fez questão de conhecer todos os ambientes do HVEP e atividades nas áreas de atendimento, área clínica e internação.

 

Parte da verba para a construção de novos espaços e ampliação na parte de atendimento, clínica e internação deve vir por meio de emenda parlamentar. “No começo do governo houve aquela informação falsa de que o HVEP ia fechar e está acontecendo o contrário, nós estamos garantindo orçamento e ampliando as atividades, se não der para apresentar tudo de uma vez, fazemos escalonado. O importante é começar a fazer”, reforçou André Clemente. “Gente para abraçar essa bandeira dos animais não vai faltar”, defendeu.

 

Para o presidente do Ibram, Edson Duarte, o modelo de gestão do HVEP é uma referência. “É o melhor modelo de hospital público veterinário do Brasil, apresentando baixo custo e grande resultado. Queremos fazer do espaço uma referência em sustentabilidade dos animais domésticos de todas as pessoas que precisarem”, disse.

 

Já a subsecretária de assuntos estratégicos da Secretaria de Meio Ambiente, Alessandra Andreazzi Peres, destacou a mobilização de forças promovida por alguns setores do GDF para dar sequência aos trabalhos do HVEP, segundo ela, um estímulo tanto para os profissionais da instituição, quanto para a população do DF, carente desse serviço. “A gente percebe o quanto este hospital é importante para a nossa comunidade aqui do DF. Apesar de termos apenas uma unidade em Taguatinga, ele tem uma repercussão, atendimento de excelência”, salientou a gestora. “Vamos trabalhar, junto com a equipe do HVEP, na construção de projetos e captar recursos junto com a Secretaria de Fazenda, buscando formas de sustentabilidade do espaço, para que ele tenha condições de manter seu funcionamento e ampliar o atendimento e suas instalações”, comentou.

 

Satisfação

Dono de um pastor alemão já com idade avançada, Antenor Moreira não pensou duas vezes quando lhe falaram sobre o atendimento de graça oferecido pelo GDF à cães e gatos no Hospital Veterinário Público (HVEP). “Não conhecia, soube quando levei meu animal ao veterinário e vi que o tratamento seria caro. Então me indicaram esse espaço e confesso que estou surpreso com o atendimento, a qualidade”, aprovou.

 

Fonte: Agência Brasília